Patrimônio

O Sistema de Patrimônio, integrado ao financeiro, oferece à instituição provisionamento do contas a receber, seja por processamento ou por conta.

Descritivo do Sistema de Patrimônio

O gerenciamento do Patrimônio de sua empresa é fundamental para a administração dos bens da instituição.

Por isso, apresentamos o sistema de Patrimônio da SPDATA que possibilita o gerenciamento completo e prático da situação dos bens na instituição.

Este sistema é completo porque permite ao usuário o controle total, de formas exatas, de onde os bens da empresa se encontram e em que situação eles se encontram, assim como o gerenciamento do cálculo da depreciação de qualquer período, controle de saída para manutenção, controle de seguro com prazo de vigência e valor das franquias.

O procedimento de registro do bem novo integra informações com o financeiro e com a contabilidade, otimizando recursos.

Este sistema também disponibiliza uma grande variedade de relatórios gerenciais e operacionais, o que permite ao usuário identificar rapidamente informações úteis para sua atividade e tomada de decisão.

 

Suas principais funcionalidades são:

  • Possibilidade de depreciação por grupo de bem;
  • Possibilidade de depreciação acelerada de itens (depreciação individual)
  • Integração de entrada de notas fiscais como o controle financeiro (contas a Pagar)
  • Integração de depreciações e baixas com o módulo contabilidade;
  • Cadastro de bens com a possibilidade de inclusão de fotos;
  • Controle de saída e retorno de um bem para manutenção;
  • Calculo de depreciação automatizado;
  • Controle de seguros e garantias (com alerta)
  • Acompanhamento do histórico de toda a vida de um bem dentro da empresa (compra, transferência, saídas e retorno de manutenção, baixas)
  • Relatórios imprescindíveis para o controle tais como: termo de responsabilidade, mapa de depreciação, inventário de bens entre outros.
  • Cliente pode optar pela depreciação por grupo ou individualmente;
  • Possibilita a identificação da origem do bem, se próprio, doação, etc.;
  • Integração da depreciação com o módulo contábil;
  • Controle das saídas e retornos dos bens para manutenção;
  • Identificar os bens depreciados com o valor inicial e a depreciação acumulada (relatório de demonstrativos de saldos);
  • Identificar a depreciação acumulada anterior ao período, a depreciação sofrida no período e a acumulada;
  • Avisos de vencimento de seguro, manutenção e garantia;

 

Veja outras funcionalidades

  • Relatórios de inventário de bens analítico (que demonstra bem a bem) ou sintético (somente com o total referente ao grupo), que permite identificar o valor do bem, o percentual atribuído para depreciação, a depreciação do período e a depreciação acumulada >> o modelo IV inclui também bens que não sofreram depreciação;
  • Integração com o módulo financeiro, gerando o contas a pagar referente à aquisição do bem com controle de parcelamento, mesmo que haja vários bens em uma mesma nota;
  • Cadastro do bem permite a inclusão de imagens deste bem, facilitando a identificação visual do mesmo.
  • O sistema trabalha de forma integrada com os demais sistemas. Tais como: o Financeiro, Contabilidade e Custos;
  • Controle interno de transferência de Bens nos diversos setores da empresa, para que se possa ter também a localização do Bem dentro da Empresa;
  • Sistema com relatórios de fácil compreensão e com alto teor informativo, Tais como:
  • Razão Analítico de Bens, neste relatório terá um detalhamento da situação cadastral do Bem;
  • Mapa de Depreciações, onde temos a evolução da depreciação relativa ao Bem ou Bens;
  • Demonstrativo Saldo das Contas, onde teremos apenas os valores dos Bens de modo simples e objetivo;
  • Demonstrativos da Depreciação Acumulada terão os valores apenas da depreciação do período e a acumulada de forma clara e objetiva;
  • Inventário de Bens, onde teremos o levantamento dos Bens que fazem parte do ativo imobilizado da empresa com todas as informações relativas ao mesmo;
  • Relatório de Manutenção, este relatório trará toda a movimentação de entradas e saídas dos Bens, trazendo ainda valores de orçamentos e valores efetivamente pagos;
  • Listagem de Bens para Controle de Seguro, neste relatório terá uma listagem completa dos bens segurados, e ainda qual a seguradora responsável pelo seguro;
  • Ficha de Bens, onde teremos uma ficha cadastral do bem;
  • Relatório de Localizações, com este relatório poderemos saber exatamente a localização do bem dentro da empresa;.

 

Deixe uma resposta